Brincar estimula a criatividade e o desenvolvimento social, emocional, cognitivo e físico da criança e do adolescente como um todo, independente do seu grau de capacidade. O brincar é fundamental no fortalecimento da empatia e resiliência da criança, ajudando a criar uma cultura de paz.​

O direito de brincar está garantido pelo Artigo 31 da Convenção das Nações Unidas Sobre os Direitos da Criança:

 

"Os Estados Partes reconhecem o direito da criança ao descanso e lazer, a participar do brincar e das atividades recreativas e a participar livremente da  vida cultural e das artes".

Em 2013, foi aprovado o Comentário Geral #17 para este artigo devido à preocupação do Comitê dos Direitos das Crianças da ONU - CDC com o pouco reconhecimento dado pelos Governos de todo o mundo, a esse direito.

 

No Brasil, o direito de brincar está presente na Constituição Brasileira (Artigo 227/1988), no ECA - Estatuto da Criança e do Adolescente (Artigo 16/1990), na Lei de Diretrizes e Bases da Educação (1996), na Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência (2016) e no Marco Legal da Primeira Infância (Artigo 17/2016).


 

Brincar é a maneira pela qual

as crianças aprendem a estruturar

seu tempo, bem como suas vidas.

Contate-nos:

+55 11 3255-4563  - contato@ipabrasil.org

Rua José Armando Affonseca, 103 (antiga Itambé, 341) 

Higienópolis - São Paulo, SP - 01239-001

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

© 2016 IPA BRASIL. Criado por Andréia Luz via WIX.

ipa brasil, rede brincar, pelo direito de brincar, artigo 31 ONU, agentes do brincar, mediadores do brincar, agentes do brincar inclusivo, International Play Association, ipa world, direito da criança, estatuto da criança e do adolescente, marilena flores, janine dodge, ipa brasil