Buscar

Atividades e Brincadeiras com Idosos

Margareth Zoéga


Aqueles que já têm pais idosos, conhecem o tamanho da preocupação com a sanidade física e mental dos mesmos com o avançar da idade. E essa preocupação tem sido cada vez maior não só por parte de familiares mas também do próprio Estado.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), dos 207 milhões de habitantes hoje no Brasil, 26 milhões têm mais de 60 anos, e esse número não pára de crescer. Em 2007 eles eram 17 milhões e em 2027 essa parcela da população dobrará, chegando aos 37 milhões conforme projeções do órgão.

A redução nos índices de natalidade e o aumento da expectativa de vida fazem com que esse fenômeno seja global.

A crescente participação desses cidadãos mais maduros na sociedade traz impactos em todas no mercado de trabalho, na economia, na publicidade,nas relações de consumo, na saúde, na cultura e nas políticas públicas. É a chamada Revolução Prateada.

O envelhecimento populacional no Brasil é um desafio para nossos governantes, pois o país vai envelhecer antes mesmo de se tornar rico e socialmente equilibrado, ao contrário de muitas nações que já enfrentam uma situação parecida, como por exemplo Japão e Alemanha. A maior prova de todos os desafios que ainda vamos enfrentar é a polêmica Reforma da Previdência, necessária mas difícil de sair do papel. Como a população mais jovem, ainda no mercado de trabalho, vai sustentar a mais velha e já aposentada, se a proporção de aposentados é cada vez maior? E vão surgir mais e mais perguntas. Como o mercado de trabalho vai poder absorver essa população mais velha? Que novos produtos poderão ser oferecidos para satisfazê-la? Qual o impacto na indústria de saúde e nos sistemas públicos de proteção social? O que a família e entes próximos poderão fazer para seus idosos preservarem saúde física e mental, garantindo assim uma boa qualidade de vida?

Com relação à saúde do corpo, já está mais que comprovado que atividade física é fundamental e quanto mais cedo começar a praticar , melhor para mantê-la. Quanto à saúde mental, mesmo com todo avanço da ciência, ainda é difícil diagnosticar e recomendar atividades que realmente sejam efetivas.

Considerando alguns estudos que apontam que ocupar o tempo livre do idoso com atividades lúdicas pode promover a melhora do bem estar social e equilíbrio emocional dos mesmos. Na tentativa de amenizar os danos causados pelo envelhecimento e pela ociosidade, muitas empresas e instituições oferecem serviços, cuidados e atividades voltados à terceira idade. São propostas algumas dinâmicas para que tal objetivo seja alcançado, conforme descrito a seguir:


Papel Colorido

O condutor da dinâmica deve pedir aos participantes para fecharem os olhos e pensarem em sentimentos presentes em suas mentes naquele instante. Depois, cada um deve escolher uma tira de papel com a cor que ilustre aquele sentimento. Em seguida, os idosos devem ser separados em grupos de acordo com as cores que escolheram e conversar por 10 a 15 minutos. Passado o tempo, num círculo, todos discutem de forma descontraída o que cada grupo conversou. Isso pode promover uma grande interação do grupo e fazer com que aqueles menos tímidos verbalizem alguns problemas, o que contribui para futuras dinâmicas a serem planejadas pelo condutor/facilitador.


Atividades Musicais

Atividade com Balão: Sentados em círculo, os participantes passam, ao som de uma música, um balão de mão em mão. No momento que a música pára a pessoa que está com

o balão o estoura e lê uma pergunta que está dentro dele. As perguntas podem ser engraçadas e variar de acordo com o perfil do grupo.


Atividade com palavras e música:

Escrever em pequenos papéis várias palavras comuns em letras de música como ABRAÇO, AMOR, ROSA …Cada um pega um papel e procura lembrar uma música que contenha aquela palavra.

Contar Histórias Diferente

O facilitador pede ao idoso que comece a contar uma história, pede para ele parar em determinado momento e outro continua. Os finais podem ser surpreendentes. A dinâmica pode estimular a criatividade e despertar a atenção e curiosidade do grupo.


Atividade de ritmo e palavras:

Usando palmas e/ou instrumentos musicais para fazer a marcação rítmica, o condutor da atividade fala Atenção XXX (3 de todos e/ou toca os instrumentos), Concentração XXX Não perca o ritmo XXX Vai começar XXX Vamos falar XXX Frutas XXX - e assim cada um fala o nome de uma fruta sem repetir. Pode -se sugerir outras coisas como animais, cidades, cantores, etc.

Dança

Pode ser com grupo de amigos, com a/o companheira/o, com os netos, em dupla, de preferência com músicas que agradem ao idoso. Podem ser também cantigas fáceis e populares de roda, por exemplo. A dança, além de divertida, une movimentos físicos e interação com outras pessoas o que contribui para suas relações afetivas. Ioga Atividade de baixo impacto que ajuda postura, equilíbrio e concentração. Jogo de cartas e incentivo a competição e o raciocínio lógico.


Bingo

Clássico! Ajuda a trabalhar a capacidade de percepção, agilidade e concentração.

Quebra-cabeças, Dominó e Jogos de Tabuleiro estimulam a percepção, raciocínio e concentração;

Caça-Palavras, Jogos dos Sete Erros, Stop

Também voltados para a percepção, raciocínio e concentração.




Massinhas de modelar e Decoração de Objetos

Estimulam a criatividade e a coordenação motora, além de acalmar.


Certamente, existem várias brincadeiras a serem exploradas e utilizadas no convívio com idosos. Acredito que o importante é ter sensibilidade para compreender o perfil e as necessidades do indivíduo ou grupo com o qual estamos lidando. Há um consenso geral que quanto mais envelhecemos, mais passamos a agir como crianças. Conclui-se então que brincadeiras serão sempre bem vindas na infância ou na velhice. Elas proporcionam alegria e bem estar e deveriam fazer parte do nosso cotidiano, não importando a idade!



Referências Bibliográficas:


Lazer na terceira idade: desenvolvimento humano e qualidade de vida - Guilherme Mori e Luciene Ferreira da Silva - disponível em www.scielo.br >pdf>motriz

Conexão Saúde - Oito ideias de atividades recreativas para idosos - disponível em

www.saude.rj.gov.br

Portal IBC - Conheça 3 dinâmicas para aplicar em um grupo de idosos - disponível em

www.ibccoaching.com.br

6,831 visualizações

Contate-nos:

+55 11 3255-4563  - contato@ipabrasil.org

Rua José Armando Affonseca, 103 (antiga Itambé, 341) 

Higienópolis - São Paulo, SP - 01239-001

  • Facebook - White Circle
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle

© 2016 IPA BRASIL. Criado por Andréia Luz via WIX.

ipa brasil, rede brincar, pelo direito de brincar, artigo 31 ONU, agentes do brincar, mediadores do brincar, agentes do brincar inclusivo, International Play Association, ipa world, direito da criança, estatuto da criança e do adolescente, marilena flores, janine dodge, ipa brasil